Teatro de Ópera

Campinas

O Teatro de Ópera foi inscrito em um concurso nacional. O projeto grandioso previa a construção de três teatros nas margens de uma lagoa. Dois volumes radiais surgem com salas flexíveis de espetáculos para a ópera e a comédia. Entre eles, um anfiteatro ao ar livre com palco em uma ilha artificial. Apesar de autônomos, os teatros compartilham áreas de apoio, ensaio e camarins em um bloco subterrâneo. A proposta ficou em segundo lugar, mas participando da I Quadrienal de Teatro de Praga, em 1967, recebeu a Grande Medalha de Ouro do evento. O prêmio levou a Prefeitura de Campinas a convidar Fabio Penteado para criar outro teatro para a cidade: o Centro de Convivência Cultural.

FICHA TÉCNICA

Número da obra

Obra 33

Código base

66.01

Título do Projeto

Teatro de Ópera

Variantes não autorizadas do nome

Teatro Municipal de Campinas

Indicações de responsabilidade

Fábio Penteado, 1929-2011
Teru Temaki
Alfredo Paesani
Aldo Calvo

Data de produção

[s.d.]

Data de início

1966

Cidade

Campinas

Obra executada

Não

Tipo de contratação

por Concurso

Programa/função

por Cultural